sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Uma Coisa sem Outra (Culpa?)



Um sustenido sem bemol, um caso sem solução,
Um atalho sem caminho, uma lagoa sem o mar,
Uma lua sem um sol, uma vida sem emoção,
Um viver sempre sozinho, uma raiva sem o amar...

Ah! Não é minha vontade, viver dessa forma e jeito.
São torturas que nos impomos, coisas feitas sem noção!
Ninguém merece, na verdade, um vazio-frio no peito.
E as loucuras que passamos? Seria só culpa da paixão?

(Guilherme Ramos, 25/01/2013, 11h12, durante um café e um copo d'água...)

Imagem: Google.

1 comentários:

Carol disse...

Muito, muito, muito bom!!!!
Amei esse!

bjus

Postar um comentário

Sua participação aqui é um incentivo para a minha criatividade. Obrigado! E volte mais vezes ao meu blog...

 
;