sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Inspiração...

Às vezes a poesia se alonga...
Às vezes se encurta.
Às vezes acho 'tá bom!'
Às vezes, 'tá não...'
(Mas é minha culpa)
Às vezes ela não vem...
Às vezes vem; abrupta.
Assim, quem sabe, nunca se acabe,
Fique com gosto de 'quero mais'...
Inspiração (ou não) é assim:
"@#$%&*%@$#%&$#@%#&!"(*)
(*) Tradução: "Vapt-Vupt-Zás-Trás!"

(Guilherme Ramos, 23/10/2009, 19h32. O comentário virou post. Obrigado, Guilherme Herculano e Rafael Araújo! Graças ao comentário no post anterior, a 'inspiração' deste aqui veio rápida! Abração!)

3 comentários:

Natacia Araújo disse...

E a poesia segue livre. Cravada em cada intenção. Adorei!

contatos imediatos disse...

Gui,
Sua sensibilidade está sempre atrelada ao seu bom humor e isso torna a sua escrita ainda mais interessante...

Adorei!
Jr.

Por Guilherme Herculano e Rafael Araújo. disse...

Puxa cara =], de nada!, não sabe como fico feliz em saber que acabei sem querer, te inspirando rs.

virei aqui mais vezes, fique a vontade para ver o recipente, apesar de os textos e os desenhos não serem intencionais, eles tem um proprósito, pode ser egoista as vezes..

abs!

Postar um comentário

Sua participação aqui é um incentivo para a minha criatividade. Obrigado! E volte mais vezes ao meu blog...

 
;