domingo, 8 de agosto de 2010

Mágica


Hoje seria (mais) um dia qualquer para mim. Para muita gente. Um dia comercial como o ano novo, o natal... (E um monte de data igual). Um dia que perdeu o sentido para muita gente. Gente como eu. E até gente como você.

Mas no meu mundo, há mágica. Aliás, sempre houve. No entanto, uma magia específica aconteceu em minha vida e tem me protegido das sombras e cinzas da “magia negra” do consumismo.

Três letrinhas, num maravilhoso mantra (vai e volta) me protegem e me alegram a cada segundo:


… HAN NAH HAN NAH HAN NAH HAN NAH HAN NAH HAN NAH…

(E vai... e volta... e volta... e vai!)

Enfim, minha pequena princesa (ainda) nem sabe, mas é tudo o que preciso. O que tenho de mais precioso, minha melhor poesia, minha magia silenciosa, guardada no grimoire de meu coração.

08/08/2010. "Dia dos Pais". Nossa! Que responsabilidade. Dizem que é dia de gastar dinheiro, em nome de um sentimento que não tem preço. O capital (ai, Marx!) dita e manda na televisão... E você executa sem noção. O importante é deixar a família reunida. Fazer sorrir as bocas e brilhar os olhos... Num momento cheio de presentes, mas de um vazio interno que dá dó. Não quero isso para mim. Para ninguém.

Da criança, quero o sorriso sincero, o abraço apertado e as mãos vazias, para que elas me toquem a alma e façam sua mágica. A vida é o maior dos presentes. Quando compartilhada, torna-se o mais poderoso. Por isso, agradeço. Assim, continuamos.

Que venham outros natais... (e outras datas tão iguais...) Minha opinião continua. Como os passos do andarilho. (Re)Pense a sua.

Longa é a jornada, camarada! Por isso, pé na estrada...


… HAN NAH HAN NAH HAN NAH HAN NAH HAN NAH HAN NAH…

(Guilherme Ramos, 08/08/2010, 22h43, no meu primeiro “Dia dos Pais”...)

4 comentários:

Marina disse...

Para mim, o que vale é a família reunida. Já desisti de dar presentes pro meu pai. Descobri que ele não faz questão. Nem eu. Só faço questão de que ele esteja aqui.

Feliz dia dos pais!

Jr Vilanova disse...

Meu querido amigo... um presente desses você não encontra em qualquer lugar... também não é pra qualquer pessoa... vocês tem sorte, tanto a filha amada, quanto o pai sensível e apaixonado!

Parabéns.
Jr.

Raquel disse...

Gui,
que lindo!!!
Parabéns! Sei que vc vai cumprir de forma linda, lúdica, colorida com muita arte e acima de tudo com muito responsa, a missão de criar sua bela princesa.
Felicidades...
Adoro vc!!!
Da maiga do outro lado do mapa, Raquel Cardoso/ Amazonas

katia disse...

PÔxa Gui, sem comentários...até imagino o brilho dos teus olhos qdo eles encontram sua princesa.

Postar um comentário

Sua participação aqui é um incentivo para a minha criatividade. Obrigado! E volte mais vezes ao meu blog...

 
;